31 de mar de 2008

Ciúmes - Será a Ponta do Seu Iceberg? ...


Será que o que eu sinto pode ser chamado de amor?

Se o ciúme é prova de amor, no mundo tem muita gente que não ama, mas está lotado de gente que ama demais!
Será que o ciúme é prova de amor errado?
Onde entra ciúme demais, exagerado, vai faltar delicadeza, compreensão.
Vai faltar tempo pra conversar porque sobrará tempo para as brigas.
Vai faltar com certeza, a educação - aquelas coisinhas que a Glorinha Kalil não comenta - rola baixaria, porque o ciumento costuma esquecer-se de que está em público e que a roupa suja se lava em casa.

O ciumento também não percebe quando está exagerando em pensamentos, palavras, atos e omissões, ele jamais é culpado, apenas ciumento!...
Ele não percebe algumas coisas, outras ele percebe demais e as inventa

O fato é que certas coisas são tão importantes, que podem ser vistas como prova de amor também, tanto quanto ou muito mais que o ciúme!
Várias vezes já vi pessoas se apaixonando por um bom papo, por uma demonstração de carinho, por simples delicadezas mesmo antes de irem para a cama...

Se o ciúme é grande ou pelo menos constante, vai faltar a certeza de amar porque vamos nos perder em dúvidas em relação ao amor do outro e quando essa dúvida chegar ao nosso coração, encontraremos um motivo para olhar pro lado plenamente respaldados em algo que pensamos que o outro fez ou pode fazer a qualquer momento, não importando se ele realmente fez ou teria coragem de fazer...

O ciúme é nosso, pessoal e intransferível, mas acabamos sempre por questionar o sentimento do outro!

Parece que se o meu amor for até a esquina voltará diferente, encantado por alguém...
Parece que se o meu amor sair sozinho não voltará pra mim, me amando da mesma forma como foi...
Estaria o mundo repleto de armadilhas, de seqüestradores do amor alheio?
Como num conto de fadas, a pessoa que eu amo, tal qual Chapeuzinho Vermelho ou João e Maria encontrará bruxas e lobos maus pelo caminho que o seduzirão e o levarão de mim?
Ou seriam eles, lobos em pele de coelho (coelho, sim! Um bichinho muito mais popular que o cordeiro e afinal, a Páscoa vem ai!) que se transformam quando distantes mais de 10 passos de nós?

- Então, vou concordar com a lenda urbana que diz que o ciúme é sim, uma prova de amor!

-Agora, você explica pra mim:

-Por que o ciumento trai?

-Eu acho que é porque ele se dá esta oportunidade.
Sabe o que está fazendo, sabe como se comportar, sabe como lidar com a sedução alheia (como se isso só dependesse de uma única pessoa...) e sabe principalmente, que só uma transa não tem nada demais...
Uma “ficadinha” só, acaba dando um plus na cama à noite.
Um flerte não tem nada a ver... É até bom, porque deixa claro que ama o parceiro e não leva mais ninguém a sério...
Essas oportunidades de pôr o amor à prova devem ser negadas ao parceiro, pois afinal, devemos protegê-lo, guardá-lo.
Ele quis um relacionamento sério, certo?
Então, ficar em casa com a rotina, dividir os problemas e fazer os passeios de praxe está dentro das suas expectativas...Minha santa mãezinha me dizia que os loucos vão onde os anjos temem ir...

Se o nosso parceiro é mais bonito do que nós ou mais sexy ou mais interessante, precisamos fazer um test drive pra manter a nossa estima em alta...

Ah! O nosso parceiro não é tão bonito quanto nós que também não somos só um rostinho bonito! Temos “cabeça” e sabemos lidar com as várias situações...

Tudo bem! É só um chopinho ou um cineminha amigo ou um papo inocente... Não vamos contar, porque não queremos problemas, não queremos brigas,aliás não é uma mentira, só vamos omitir esse fato...

Bem pessoal, dei razão aos adeptos do ciúme como prova de amor e quem ama cuida!

Cuidamos de nós, nos permitindo e cuidamos do outro guardando-o e preservando-o, certo? Já dizia Vinicius: “São demais os perigos dessa vida”...

Então se o ciúme é prova de amor, resta-nos saber, a quem estamos amando, ao outro ou a nós mesmos?

Que tipo de amor temos nós quando nos permitimos e, que tipo de amor julgamos que nosso amado tem, quando achamos que indo ele à esquina comprar um sorvete, voltará pronto a fazer as malas indo-se embora com o sorveteiro ?

Beijo e me liga!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.