11 de nov de 2015

A MÃO QUE BALANÇA AS REDES


As redes sociais são bem diferentes entre si, assim como o perfil do usuário. No facebook, rola o "jogo pra torcida". Tem que ter criatividade pra postar durante o mês enquanto não se tem A foto da refeição suculenta, no final dele. Ah, e nenhum constrangimento de ostentar o que dá pra mostrar que se tem...
O WhatsApp além de vir a substituir o telefone, herdou sem medo e inibição os trotes, gracinhas e piadas do extinto Orkut. Seus grupos são como aquelas festas que se vai pra "curtir uma diferente" e nela se fica falando sempre apenas com os conhecidos.
O Twitter é a trincheira dos que sabem dizer muito com poucas palavras, também é paraíso dos fakes de celebridades e dos impiedosos críticos do tudo alheio.
Todas tem sua utilidade e a gente que já está indo pro museu na seção de marcar um chopinho tem que ter muita paciência, alguma habilidade e bastante necessidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.