27 de nov de 2013

TENSA




















A convivência é um cão 
que cava os dias, 
rói as noites, 
uiva à tarde, 
enrola os tapetes, 
faz xixi na minha alegria.

Quem você poderia encontrar 
que fosse melhor que eu?
Se você perdesse o seu sorriso 
como quem perde o cartão de crédito, 
eu teria esperança.
Ver-te sorrindo para um mundo 
Enquanto para mim se fecha, confunde-me

Você vai se aliando ao que te faz mal, 
confraternizando com tudo o que me irrita. 
Será que ando sendo disponível demais?
Por outro lado, não tenho 
aquela subserviência canina…
Tenho minhas neuroses de guerra, 
viver é passível de tensão. 
Eu sou tensa, nada relaxada, 
mas esqueço rápido e fácil a dor.
EU SEI VOAR!
23/11/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.