9 de out de 2015

A GENTE SE (RE) ENCONTRA




A gente de sempre, amigos de anos que se encontra pouco mas quando acontece nada muda.
Somos verdade!


Muito feliz. Poderia ter sido por qualquer motivo, por qualquer som, mas foi por samba, com amigos que conheci no samba, que conheci na difícil batalha da música e da cultura nessa cidade-vitrine, onde a gente mata muitos leões por dia quando decide se doar ao talento que trazemos e à vocação que nos inquieta.
Pode parecer lindo e glamouroso ser artista e também ser do back stage e ter contato com artistas e acredito que realmente seja lindo e cheio de glamour, mas é fato que não é nada fácil. Como aquela música: "quem mais sabe de mim, é o espelho do meu camarim". Mas se estamos na marcha sincera daquilo que somos, está tudo bem. "quem samba é mais feliz" mais ou menos, o que importa é receber a porção de felicidade na proporção que a levamos para as pessoas.
Hoje eu recebi o meu quinhão de felicidade e as fotos e o papo sobre o show falo quando o dia raiar, vou dormir feliz, acho que mereço!
Beijo, amei ver vocês!

=Comemorando a gravação do DVD de Marquinho Sathan

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.