4 de nov de 2015

GERAÇÃO X

"Porque o amor é uma coisa mais profunda que uma transa sensual". 
Assim era a minha geração... A gente falava pacarái. Resolvia os problemas do Brasil numa assembléia constituinte do chope.
Éramos politizados, todos "cabeça". Queríamos igualdade, voto direto para presidente, liberdade de expressão, liberação do aborto e do divorcio. A gente saia de casa, dividia AP e gostava de casar.
"Divina Comédia", " blá-bla-bla, eu te amo", "caminhando contra o vento" a gente queria comer o mundo ou quem sabe, comia todo mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.