23 de jul de 2012

PINGOS DE AMOR



Fala sério, com uma poesia dessas não tem essa de vingança feminina, até porque mulher adora voltar. Mulher adora reconstruir, recuperar, todas são portadoras da salvação.

Voltando ao assunto,  eram letras curtas, mensagens diretas com todo o encanto do arrependimento que ainda serve pra dançar!
Essa voz esganiçada parecendo eternamente saída do fim de uma noitada, embalou muito romance, acredito que nem melhor nem pior, afinal todo romance é diferente, mas como era cult o Paulo Diniz!!

Não sou saudosista, mas o excesso de informação, o estar perto, apesar de longe, via tanta tecnologia de teclas  não está contribuindo para a simplicidade da humanidade...

Pena que nessa idade, naqueles tempo eu não namorava ainda. Tinha só 12 anos, idade em que hoje muitas meninas já são até mães, mas isso é um problema delas que infelizmente acaba sendo nosso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.