18 de nov de 2010

No quintal da Tia

Ontem estive numa das festa de niver da Tia Surica. Achei interessante a quantidade de gente importante sem ser "besta". O volume de famosos desinportantes para mídia. O número de talentos pouco comentados mas que estão aí vivendo da sua arte partilhada com gosto com o seu público e fãs. Tanta coisa boa que não sai na TV e se restringe aos cantinhos das notinhas de jornal.

 O que mais me impressionou: nenhum flash de câmera fotográfica. ô coisa boa! Um tempo para se viver o momento. Daquelas felicidades tão genuínas que nos envolve inteiros e ficarão guardadas numa prateleira sagrada não profanada por zilhões de olhos atentos às mídias sociais.

Em Madureira a loucura cyber ainda não dominou o povo do samba ! Tudo muito real. A maior resistência nossa é não estar na lista de geeks... Embora muitos divulguem seus trabalhos no Orkut, ele fica ali restrito ao PC. Que delícia viver como antigamente sabendo-nos tão atuais!

Fazia tempo que eu não curtia um quintal, que bom saber que ele está lá intacto!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.