18 de jun de 2013

"NÃO PASSARÃO"

;Share photos on twitter with Twitpic Share photos on twitter with Twitpic Share photos on twitter with Twitpic
Share photos on twitter with Twitpic Share photos on twitter with Twitpic Share photos on twitter with Twitpic
Quem acompanha o Cordão da Bola Preta no carnaval de um tempo pra cá quando o bloco entrou na casa de milhão de pessoas, só para citar um exemplo, sabe o que pode resultar um susto qualquer no meio dessa galera, no espaço bem restrito que o Centro do Rio nos oferece. Imagina tiros num quadrante onde estão 100.000 pessoas...

O poquê do universo de 100.000 pessoas, a mídia priorizar falar e mostrar, insistente e renitentemente sobre a minoria de 300, insufladas pela batuta do poder vigente que precisa desesperadamente parar com as manifestações por causa dos ganhos astronômicos das barganhas comerciais envolvidas nos mega-eventos cariocas, é uma pergunta de resposta tão óbvias, que vou pedir para que o Arnaldo Jabor responda.

Quando as emissoras de TV deixam de mostrar 99.700 pessoas de branco, mais trabalhadores deixando os prédios e tantos que se uniram à caminhada pacífica, onde pedia-se para recolher-se as bandeiras do partidos e ficar mostrando muitas vezes repetidamente a mesma cena da baderna de 300 , a gente entende, sim o que é manipulação, o que é lavagem cerebral. E se você ficou apavorado diante da sua TV exclamando "bando de vândalos", "isso é um absurdo" e "olha só que povinho", você agora sabe o que é "reaça".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.