31 de out de 2015

A REVOLUÇÃO


Sonhei que estava numa reunião onde a pauta era tentar resolver alguns dramas da vida carioca e lá estavam várias pessoas aqui do face, justamente aquelas que tem uma rotina sem ansiedade por digitação, fora daqui. 
Acordei concluindo que essa rede ajuda a conhecer, mas só no dedinho não vamos resolver
Sabe... Às vezes penso que se ninguém começar, começarei eu a revolução!
Enquanto isso, vou ali num samba que ainda não ganhou nada de ninguém. Só moral com o povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.