4 de ago de 2009

A CARTOMANTE
























Eu olhei dentro do olho dela
Ela falou pra mim:-Vão aparecer coisas na sua vidaVocê deve aproveitarSó não deve levar tão a sérioVocê é muito sériaRi demais e leva a serio demaisBem que eu queria perguntarse era conselho ou cantadaMas eu nem sabia ao certo se estava mesmo ouvindo aquiloPreferi ficar calada.Encarando aquele olho.Fingindo que não era comigoFazendo cara de paisagem,Fiz cara de desdémEu sei que já vi esse filme,Trabalhei nele tambémNaquele tempo eu era herói, mocinho da fitaO chato é que com o tempo a porção otária do herói só aumentaE eu não consegui esquecer

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.