4 de ago de 2009

A CARTOMANTE

Eu olhei dentro do olho dela
Ela falou pra mim:
-Vão aparecer coisas na sua vida
Você deve aproveitar
Só não deve levar tão a sério
Você é muito séria
Ri demais e leva a serio demais
Bem que eu queria perguntar
se era conselho ou cantada?
Mas eu nem sabia ao certo se estava mesmo ouvindo aquilo
Preferi ficar calada.
Encarando aquele olho.
Fingindo que não era comigo
Fazendo cara de paisagem,
Fiz cara de desdém
Eu sei que já vi esse filme,
Trabalhei nele também
Naquele tempo eu era herói, mocinho da fita
O chato que com o tempo a porção otária do herói só aumenta…
E eu não consegui esquecer

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.