15 de jun de 2010

PAISAGENS

Minha vida anda bombando! 
Não tem como viver sem novidades no Rio de Janeiro. Sim, às vezes não são positivas, mas também não são novidades, são apenas notícias...
Mas a paisagem aparece conforme o local para onde olhamos, de acordo com os olhos que observamos e será exatamente correspondente ao lado que escolhermos estar...

Um dia sem perceber, decidi que não ficaria à janela e foi assim que entrei para os cenários. Como parte de qualquer paisagem ou contexto, recebo crítica como se fosse eu a pincelada errada do artista ou a imperfeição da luz que o fotógrafo deixou passar. Para esses críticos nada respondo, apenas penso que se estivessem compondo a paisagem, cuidando dos jardins, escalando as montanhas, nadando em alto mar, não teriam olhos para os defeitos, pois que são exatamente eles a oportunidade de transformar as coisas e os visuais.

Eu penso isso e lamento por estes, seres de janelas observadores da existência alheia e torço para que realmente estejam fazendo jus à dádiva que é viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.