25 de jul de 2010

Celebração!

Ela é leve, faz sua própria trajetória, alguém já disse que ela é “sobrenatural”. Foi chamada de “patricinha” - aquelas meninas mimadas, cheias de capricho. É fato que ela pode trazer a glória e num segundo fazer de um homem um rei ou num piscar de olhos deixá-lo atônito e perplexo entregue à amargura a se perguntar por que?  Ela é voluntariosa, sim e, como toda mulher, já começa a ter seus segredos desvendados. Aos poucos vai se tornando dócil escolhendo aqueles que a tratam bem. Ela tem alma feminina e mulher é assim: mistério que atrai, beleza que copia e no final de tudo, os conquistadores percebem que simplesmente foram os conquistados por ela. Quando ela se dá, o prêmio é nosso e ficamos com os olhos acessos, o coração acelerado, a boca seca, a pele arrepiada, prontos a chorar ou a sorrir. Explodimos em prantos ou arrebentamos de alegria. Nada mais nos resta se não aceitar os caprichos dessa princesa e sorrir se eles nos favorecem. Ela tem nome de festa que sugere uma pronúncia nordestina: Jabulani! Princesa, redonda, astuta, seja-nos fiel! Nós te prometemos, honrar o teu nome e fazer uma grande celebração!

... é Jabulani nos tratou exatamente como merecíamos, talvez até melhor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.