10 de nov de 2011

ABISMOS E MONTANHAS

De repente eu olho pra trás e vejo uma cadeia de montanhas e uma sucessão de abismos.
Fico pasma ao pensar que venho de lá.. 
Que estou exatamente no meio do caminho. 
As montanhas que passaram, escalei (ou teria contornado?)
Os abismos de um jeito ou de outro, atravessei. 
Eu estou exatamente aqui entre duas montanhas,  uma passou a outra está bem na minha frente...
Quem vem de onde eu venho não tem direito a meio termos.Não pode  se dar ao luxo de ter receios.

O ontem já faz muito que passou.
O amanhã acontece quase agora,
só depende do que eu faça nessa hora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.