30 de out de 2013

MINHAS MUDANÇAS


Faz muito tempo que estou com sono, mas se dormir às 21 é certo que acordarei às 3, completamente desperta e esperta. O lado bom é que talvez escreva um poema ou crônica. Quem sabe tenha mais uma daquelas grandes boas idéias que dão em tudo. Mas aí virá um humor defeituoso lá pelas 14 e um sono incontrolável quando o relógio chegar às 16...
Com o tempo a gente vai se conhecendo e assim nos desafiamos menos. Pra que abusar de nós se a sociedade já faz isso impiedosamente?

Vou contornando e tapeando meu sono, aprendi que tudo na vida tem um tempo e nós temos o nosso e é muito bom ter idade suficiente para aprender a respeito de si mesmo, o respeito por si próprio. Há 4 meses venho muito lentamente mudando rotinas, na verdade criando, pois sempre fui avessa a elas... Como menos e isso não foi nada difícil, na verdade como mais certo, sempre gostei de caminhar, agora  subo escadas. Falo menos e isso é difícil, evito as respostas imediatas, as disputas que não levam a nada, as opiniões que não farão bem a ninguém. Perdi 8 quilos e creio deixei de ganhar rugas a mais.

Ando correndo menos, e parei de me aborrecer pelas coisas perdidas. O que não tenho deixou de ser problema... Desisti de mudar o mundo, ele mudará o suficiente se eu mudar...
Às vezes penso que a velhice não mais me aflige. Não me vejo envelhecer porque vou me mudando dia-a-dia, tentando nascer nova a cada nascer do sol. Ontem surpreendi-me dizendo que ás vezes penso que vou fazer meio século, outras penso que farei 5 ponto zero. A diferença é imensa e define como os dias restantes irão me encnontrar e dizem tudo sobre o que farei com eles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.