7 de jan de 2010

Poder

Se antes aprendia a rir dos meus desesperos,
rir sem jamais gargalhar,
hoje fico entediada com a minha desesperança,
excesso de limites e falta de horizontes.
Lamentavelmente resta-me informar ao restante da humanidade:

tornei-me uma pessoa comum.
Uma pessoa qualquer.
Acordei para o fato de poder mudar
Posso mudar o mundo tanto quanto qualquer outra pessoa
com menos possibilidades.

Não, eu não errei em nada!
Jamais usufrui da arrogância,
Pequei pelo excesso de humildade.
Todos os que cometem este pecado a ele sucumbem. 
Tornam-se vítimas pra sempre.

Assim  foi com o santos católicos.
Assim foi com o próprio Avatar Cristão.
Lamentável perceber que isso muda mentes,
Mentes sem poder nada modificam
E poder póstumo, é arma poderosa
nas mãos dos inimigos assassinos dos nossos ideais e vidas.

Vivemos num país onde o poder corrompe,
deixa-se corromper, destruindo tudo o que poderia ser feito.
E assim, seremos reis daquilo tudo que jamais houve!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.