16 de jul de 2013

Observações de uma noite bêbada

Como Bukowski descreveria essa cena?
Um  negro encardido de testa semipronta, baixinho de barba espichada enfiava o dedo tosco no nariz, enquanto ela, Rosangela, com voz esganiçada movia as pontas tesas dos seus cabelos  que pareciam espetar-lhes o ombro, no seu  provocante e cafona vestido de um  ombro só com estampa imitando pele de cobra. Falava com seu amigo ela e sua voz esganiçada, a voz mais feia e linda que uma mulher poderia ter naquele momento que antecede o que vem depois, quando todos se tornam lindos por 3 segundos quem sabe uns 5 ou 6...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.