9 de mar de 2016

Não saberia te perder mais uma vez | PARA UM AMOR QUE PASSOU


Amei muito, demais e cedo. 
Nenhum receio, sem medo.
O que restou agora que é tarde?
Um coração que arde,

Alegrias guardadas,
Lembranças geladas 
de uma felicidade quente
lembranças da gente

A doce gargalhada solitária
Tristeza imaginária
de quem com sorriso,
Fez o que era preciso,

Colecionou a vida dentro do peito
Os amores nos braços do respeito.
Lute pra ficar e ficar bem. 
Sorria talvez,
Pelo menos uma vez

Eu não saberia te perder mais uma vez.


Amei muito, demais e cedo. 
Nenhum receio, sem medo.
O que restou agora que é tarde?
Alegrias guardadas,
Lembranças geladas 
de uma felicidade quente
A doce gargalhada solitária de quem com sorriso,
colecionou a vida dentro do peito
Os amores nos braços do respeito.
Lute pra ficar e ficar bem.
Sorria talvez,
Eu não saberia te perder mais uma vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.