4 de fev de 2017

DE MANGUEIRA À MADUREIRA

Sexta-feira, 04 de fevereiro, uma noite quente à beça. Tia Surica recebeu das mãos de Regina Celi, presidente do Salgueiro a faixa de Matriarca da Portela. Era um desejo antigo do seu filho do coração o falecido presidente da Portela Marcos Falcon. Ela estava feliz tanto quanto emocionada e eu fiquei muito feliz de vê-la assim. Aos poucos os desejos do falecido presidente, vão sendo realizados pela Portela que em à frente Luis Carlos Magalhães. A águia mais imponente, maior, mais iluminada substituiu a anterior, uma bossa inventada por ele que era apaixonado por águias e colocou uma na entrada e outra na parte interna da quadra. Que possamos ver realizar-se o seu desejo master e todos os portelenses um campeonato, a 22a estrela a brilhar no pavilhão de Madureira...

O atual presidente da agremiação contou a liga
ção da presidente do Salgueiro com a azul e branca de Oswaldo Cruz, mas confesso que não compreendi, o som apesar de alto não era claro, mas eu sei que Tia Surica ama Regina e a recíproca é verdadeira, no mais me informo depois.
Antes disso, Tia Surica esteve na apresentação da nova diretoria do Museu do Samba, onde funcionava o antigo Centro Cultural Cartola, Nilcemar Nogueira, a antiga diretora executiva, apresentou sua substituta, Nilcéa Freire, agora que ela ocupa o cargo de Secretária Municipal de Cultura.  É impressionante como o Centro Cultural rapidamente se tornou "antigo", Nilcemar é vertiginosa, da criação do Centro Cultural, capitaneou a criação do Museu do Samba num espaço bem pequeno de tempo considerando-se o vulto e a importância das duas iniciativas. A foto foi tirada bem no início do evento que ficou bastante cheio com presenças daqueles que mais do que falar de cultura-sambística-afro-brasileira praticam-na.

Voltando à Tia Surica, tietada por gente bamba, fico pasma com sua vitalidade, até hoje não consigo acompanhar seu pique e vai ficando cada vez mais difícil à medida que eu envelheço e ela não tem essa intenção. Saímos um pouco às pressas e muito à francesa, direto pra Madureira onde a faixa esperava a nossa Matriarca, mas tive tempo de ouvir o discurso de Nilcemar que será uma postagem à parte, pois que é muito conteúdo ara apenas uma notícia...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.