8 de jun de 2014

Brincadeira


Amor de pique-esconde, nunca sei onde ele está. 
Amor de pique cola, veloz mais que minha alma pode ser. 
Amor de pique-tá, que nunca está onde eu o coloco, 
nunca aparece onde eu suponho. 
Amor ciranda, cirandinha, vamos todos cirandar, não quero rodar. 
Não quero brincar.
Nada de pique-alto, amor em cima do salto
Nada de qualquer maneira, amor de pique bandeira
Não vou mais pro céu,
Gosto de brincar de anel
Tire meu nome da sua lista,
Pera, uva maçã, salada mista.
Talvez volte pra escola,
meu amor de pique-cola

Filha única, dona da bola que não é minha e, 
a minha não quero emprestar. 
Filha única, assombrada, mediúnica
Não quer ter razão
Tem medo do bicho papão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.