12 de jun de 2014

Ninguém Cala

Sobre toda essa diversidade de pensamentos sobre copa ou não copa, tem o refrão botafoguense que faz muito sentido. "E ninguém cala esse nosso amor"
O futebol assim como o samba é o grande amor de todo brasileiro. Não dá pra calar, é impossível refrear. Faz parte da nossa natureza, com entusiasmo ou não, estará lá cutucando a gente por dentro. Não dá pra racion
alizar. Não somos menos inteligentes por isso. Gostar de samba, carnaval e futebol é atender um chamado das nossas raízes, expressões incorporadas à nossa cultura, de matrizes diferentes unificaram-se em nós, produto miscigenado. De início foi complicado emprestar a negritude ao futebol.
Na que hora que acabar essa merda de hipocrisia e valorizarmos os nossos valores, ninguém mais vai embranquecer nossas matrizes. Ninguém mais vai lucrar em cima das nossas festas nos expulsando delas.

Tivemos tanto tempo para conduzir as manifestações, fazendo da Copa uma ferramenta de comunicação dos abusos políticos-brasileiros, mas o que aconteceu? Comemorou-se a vinda do evento, torceu-se pelo sucesso das obras ainda que se pagando pra ver... Que fique a experiência e que ela nos faça mais maduros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.