31 de mar de 2011

Uma Quase Entrevista

Muito tenho conversado sobre samba.
Me perguntam:
"Você é sambista"?
Eu respondo:
-Eu gosto de música.
Samba pra mim é música, tanto popular, quanto brasileira.
A pessoa fica blasê e pergunta já meio que com algum desprezo:Você sabe sambar? 
- Dou meus passinhos.
Principalmente quando estou triste.
O samba é a música que mais me alegra. 
Isso é ser sambista? Então sou!

Meu pai é preto minha mãe quase branca e eu tenho o cabelo quase liso.
Isso é ser negra?
Tenho certeza que sim.
Negritude é um estado de espírito,
motivo de orgulho tanto
quanto ser humano,
gente-fina,  das boas!!

Saio da mesa para o toalete, pensando...
Por que a gente sempre tem que ser,
por que não temos o direito de apenas estar?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.