12 de jun de 2014

Diálogo

"É meio singelo dizer isso – e talvez o torcedor não queira ouvir. Mas... o resultado importa menos. Tudo aquilo que foi prometido – e cumprido ou descumprido – importa menos. A jornada importa mais. Receber o mundo, e viver essa experiência, importa mais. É uma oportunidade única e fantástica. Ver camisas e bandeiras de cores distintas, povos diferentes, na sua rua, na sua cidade – é algo que dificilmente você viverá de novo nesta vida". (GUSTAVO POLI)

 Respeito a sua posição como respeito a de todos os amigos, que inclusive serão voluntários. Mas não consigo ter essa euforia, a "Seleção" ganha, e o Brasil perde?

- Estamos perdendo não é de hoje. Com euforia ou não esse estupro é inevitável e acontece a cada ano em outras vertentes da nossa cultura, como o carnaval por exemplo. 
Os protestos pela Copa foram mal aproveitados e de última hora.

Não devemos ficar ressentidos por estar havendo a Copa, nem pela euforia dos eufóricos, devemos aprender essas lições, nos preparar e organizar. Acho que estamos diante de um começo de conscientização popular. É só começo, não dava pra acertar de primeira, não dá pra deixar cair no esquecimento e seguir como sempre nos manifestando aos surtos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade pra dar sua opinião.